Death Note - Anime City

Death Note

 Death Note é uma série de animação japonesa baseada na coleção de mangá escrita por Tsugumi Ohba e ilustrada por Takeshi Obata entre 2003 e 2006.



A série de 37 episódios foi dirigida por Tetsurō Araki e produzida por Madhouse, e estreou originalmente no final de 2006.


A história de suspense e fantasia já se tornou um verdadeiro clássico para os conhecedores do gênero, conquistando uma legião de fãs, e está disponível na Netflix.


Sinopse e trailer do Death Note

Light é um adolescente responsável e um aluno brilhante, filho de uma personalidade policial japonesa. Sua vida muda quando ele conhece o "Caderno da Morte" e seu dono, um Shinimigami chamado Ryuk.


Por meio dessas páginas, Light pode matar qualquer um, desde que conheça seu rosto e escreva seu nome no caderno. Para construir uma sociedade mais justa, comece a matar criminosos na área.



Tentando permanecer anônimo e travando uma longa batalha com a polícia, Light encontra um adversário digno: L., conhecido internacionalmente por seus podere


O Estranho Mundo de Shinigami

Death Note, como outras produções culturais japonesas, recupera as figuras mitológicas dos Shinigami, deuses ou espíritos da morte, responsáveis ​​por trazer as almas para "o outro lado".


Seu objetivo aqui é acabar com a vida dos humanos: todo mundo tem um caderno e cada vez que você escreve o nome de alguém, ele determina a hora de sua morte. A vida desse indivíduo é adicionada à "conta" do Shinigami, tornando essas entidades virtualmente imortais.



Mundos de Shinigami.


Num mundo cinzento e deserto, que é a sua realidade, encontramos Ryuk, uma criatura antropomórfica muito "rara" e cheia de personalidade. Já que ele conseguiu trair o rei, eu agora tinha dois cadernos de morte e decidi usar um para me divertir.


Ryuk também adora comer maçãs e prefere as verdadeiras, que parecem muito mais saborosas. Por isso, e por estar entediado e em busca de uma nova aventura, deixa seu caderno cair no mundo dos humanos.


Light encontra um caderno e um Shinigami

Light Yagami, o protagonista da história, é um adolescente altamente focado na academia, filho de uma figura proeminente da polícia japonesa. Embora ele seja inteligente, carismático e o melhor aluno de sua classe, ele também parece estar entediado com sua vida.



Durante uma aula, ele se distrai olhando pela janela ao ver um caderno caindo do céu que desperta sua curiosidade. Depois de encontrar o item e examiná-lo, ele lê suas regras e acha que é uma piada.


a luz encontra o caderno da morte


Apesar disso, após testemunhar episódios diários de violência, ele decide testar o caderno e anotar o nome de alguns bandidos, resultando em suas mortes quase que instantaneamente. É assim que Light descobre que tem um poder tremendo em suas mãos.


Percebendo que pode matar praticamente qualquer pessoa sem levantar suspeitas, Light decide construir um mundo melhor e eliminar a violência da sociedade, vendo-se como um veículo de justiça.


Assim começa seu trabalho diligente: durante o dia estuda, à noite olha o noticiário e escreve os nomes dos criminosos em seu caderno.



Light e Ryuk.


Depois de algumas semanas, a polícia e a mídia começaram a ver a conexão entre as mortes, acusando um serial killer que apelidaram de "Kira".


É quando Light encontra Ryuk, a figura além da estranha que o acompanhará até que ele morra ou renuncie à posse do caderno. O protagonista começa a levar sua tarefa de Kira cada vez mais a sério, acreditando que ele será o deus deste novo mundo.

Ryuk esclarece que não vai ajudá-la em nada e que está aqui para se divertir. Ao contrário, ele observa o desenrolar das ações e as comenta com bom humor.


As regras da morte Nota: como funciona?

Claro, uma arma tão poderosa não poderia existir sem um pequeno manual de instruções. As regras de uso são escritas no início do caderno e explicadas pelo Shinigami.



A seguir, reunimos os mais importantes para que você possa acompanhar tudo:



O humano cujo nome está escrito neste caderno morrerá.

A grafia do nome não terá efeito se o escritor ignorar o rosto da vítima, para que outra pessoa com o mesmo nome não seja afetada.

Se a causa da morte for escrita dentro de 40 segundos do nome da pessoa após a unidade de tempo humana, isso será feito. Se a causa da morte não for especificada, a pessoa morrerá de parada cardíaca.

Após a causa da morte, os detalhes da morte devem ser fornecidos dentro de 6 minutos e 40 segundos.

Assim que o caderno atinge o solo, ele se torna propriedade do mundo humano.



O proprietário do laptop poderá ver e ouvir o shinigami, o proprietário original do laptop.

O primeiro humano a tocar o Death Note logo após chegar ao mundo humano será seu novo dono.

O humano que usa o laptop não poderá ir para o céu nem para o inferno.

Se a causa da morte for especificada como parada cardíaca, seus detalhes, como local, data e hora, podem ser manipulados.

Embora ele não possua o laptop, qualquer humano que o tocar poderá ver e ouvir o Shinigami seguindo o atual proprietário humano do laptop.

A pessoa de posse do caderno será seguida por um shinigami até sua morte. Este shinigami deve escrever o nome da pessoa em seu próprio caderno (se ele tiver mais de um) no momento de sua morte.



Se um humano usa o notebook, o Shinigami deve se apresentar ao humano dentro de 39 dias após o primeiro uso.

O Shinigami dono do notebook não poderá ajudar o humano a usá-lo, e não tem obrigação de explicar as regras que regem o humano que o possui. Um Shinigami pode estender sua vida usando o notebook, mas os humanos não.

O humano em posse do Death Note pode obter os olhos do Shinigami, e com este poder, o humano pode ver os nomes e a expectativa de vida de outros humanos apenas olhando para eles, mas o dono humano do Death Note deve sacrificar metade de sua vida, expectativa de vida através dos olhos de Shinigami.

Se um Shinigami usar seu próprio Death Note para matar um humano a fim de ajudar outro humano, ele morrerá, mesmo que não tenha nenhum sentimento de amor por ele.

A causa da morte deve ser fisicamente possível de qualquer maneira. Se houver alguma doença envolvida, deve haver tempo suficiente para que ela se manifeste. Se forem lugares, deve ser possível que a vítima esteja lá. Qualquer inconsistência na causa da morte resultará em um ataque cardíaco.

Os Shinigami também desconhecem a extensão precisa da condição de morte. Portanto, você deve tentar descobrir.



Uma página retirada do Death Note, ou mesmo um fragmento da página, retém toda a funcionalidade do bloco de notas.

Os materiais de escrita podem ser qualquer coisa (tinta, sangue, maquiagem, etc.). No entanto, o bloco de notas só funciona se o nome estiver escrito de forma legível.

A causa e os detalhes da morte podem ser escritos antes do nome. O proprietário tem 15 dias (de acordo com o calendário humano) para colocar o nome antes da causa descrita.

Kira e L., um duelo de mentes brilhantes

Com seu pai como subchefe de polícia, Light está em uma posição única para acompanhar cada etapa da investigação e encontrar maneiras de contorná-las. Foi então que a polícia chamou um ex-aliado e misterioso investigador conhecido como L.



Inicialmente não podemos ver seu rosto e as comunicações vêm de um computador usado por um homem encapuzado chamado W. Mais tarde descobrimos que esse personagem é Watari, um homem mais velho que parece se importar com L., que, afinal, é um adolescente. .

Investigação


Apesar de suas habilidades incomuns, é a idade de um garoto Light que opta por permanecer anônimo. Na verdade, o espectador nunca sabe seu nome verdadeiro.


Desde o início, o detetive percebe que o assassino deve ter alguma ligação com a polícia e rapidamente suspeita do filho do vice-diretor. Yagami, sempre atento, percebe isso e encontra diferentes formas de desviar a atenção.


É curioso ver que os jovens são semelhantes e também muito diferentes. Enquanto Light mantém uma fachada de filho e aluno perfeito, de "bom menino", L. é esquisito, mal dorme ou calça sapatos, e desafia várias convenções sociais.



L. e Lumière.


Quando fazem o exame final na escola, antes de entrar na faculdade, os dois se encontram pela primeira vez e o detetive revela que ele é L. Para cuidar de seus passos e incriminá-lo, ele convida Light para ajudá-lo na investigação.



A dinâmica entre os dois é bastante complexa: por um lado, eles se tornam rivais, por outro, eles desenvolvem uma amizade porque se entendem melhor do que ninguém.


Assim, os dois estão travando uma grande batalha intelectual, como se estivessem jogando xadrez e tentando adivinhar e antecipar o próximo passo um do outro.


Missa é o segundo Kira

Tudo começa a sair do controle de Light conforme mais mortes começam a ser atribuídas a Kira, sem ter sido causadas por ele. Por meio de vários vídeos enviados a um canal de TV, o novo assassino se comunica com o público e continua a matar pessoas aleatórias para demonstrar seu poder.



Light percebe que esse "parceiro" não precisa saber o nome das pessoas, apenas saber seus rostos, para eliminá-los. Portanto, está claro que ele trocou metade de sua vida pelos olhos de Shinigami que lhe permitiriam saber o nome de todos.


Misa Amane, a segunda Kira



A nova Kira é Misa, uma jovem modelo que ganhou seu notebook porque durante muito tempo olhando para Shinigami se apaixonou por ela. Quando ele estava prestes a ser morto por um perseguidor, a criatura decidiu matá-lo e salvou sua vida, morrendo muito cedo.


Assim, aprendemos que um Shinigami só pode morrer por amor se escolher salvar a vida de um humano. Rem, outro espírito da morte, desceu à terra e entregou o caderno a Misa, juntando-se a ela também. A menina conta uma história triste porque seus pais foram mortos por um criminoso que mais tarde foi punido por Light.


Apaixonada pela verdadeira Kira, a quem ela considera sua salvadora, ela descobre a identidade de Light e volta para casa. Lá ele declara seu amor e adota uma postura submissa, mostrando que está disposto a fazer qualquer coisa para ajudar o assassino e ser sua namorada.


Luz e massa.



Com seu poder de persuasão, Light consegue manipulá-la e aceita o relacionamento, pois precisa dos olhos de Misa para descobrir L.


Porém, esta segunda Kira não consegue esconder suas atividades assim como o protagonista e seus métodos são diferentes, chamando a atenção para a possibilidade de serem dois assassinos. Logo, o relacionamento de Light e Misa levantou suspeitas e ela passou a ser investigada, sendo posteriormente presa e interrogada por L.


Plano Maquiavélico de Light

Aqui começa uma série de reviravoltas na história capazes de deixar o público maravilhado com a inteligência do protagonista. Com Misa sendo questionada, Light sabe que é apenas uma questão de tempo antes que ele também seja preso e identificado como o verdadeiro Kira.



Então, com a ajuda do Shinigami, ele cria um plano deslumbrante para sair ileso, que só entendemos no decorrer dos episódios. Depois que Light enterra seus cadernos, Misa abre mão de sua propriedade e perde as memórias de tudo o que aconteceu.

Misa é presa e entrega o caderno.


Ele, por sua vez, se entrega à equipe de investigação liderada por seu pai e L., e é preso por um longo tempo para provar sua inocência. É então que o próprio Light abandona seu caderno e esquece o passado sangrento.



Algum tempo depois, quando mais mortes atribuídas a Kira começam a surgir, Light e Misa são eventualmente absolvidos, embora L. continue tendo suas suspeitas. O protagonista, que não se lembra de nada, contribui ativamente para a investigação e eles logo descobrem que o assassino é um dos acionistas de uma grande empresa, Yotsuba.


Enquanto isso, Rem, o Shinigami, pede a Misa para tocar em uma folha de seu caderno e olhá-la novamente, revelando que Light é a verdadeira Kira. Misa ajuda a polícia a encontrar o novo dono do caderno, que acaba em L. Porém, ao tocar no objeto, Light recupera todas as suas memórias.


Luz e o Shinigami.


Através de seu sorriso e do brilho malicioso em seus olhos, percebemos que tudo isso era um plano muito bem elaborado pela Light. Depois de esconder um dos cadernos, ele pediu a Rem que escrevesse regras erradas no segundo, para distraí-lo e entregá-lo a outra pessoa.



Este novo Kira deve ser alguém ávido por poder e dinheiro, que só faz as coisas para seu próprio benefício, pois assim seria mais fácil encontrá-lo. Com o caderno, L. finalmente descobre as origens do poder de Kira, mas permanece incapaz de provar a culpa de seu oponente, correndo um risco cada vez maior.


A morte de L. e seus sucessores

A manipulação de Light é tão forte que chega até Rem, quando ele concorda em matar L. para proteger Misa, embora ele saiba que vai virar cinzas por isso. Isso não surpreende o investigador que, na véspera, discute com seu rival e parece assumir sua derrota.


Quando L. e Watari morrem repentinamente, Light se vê na frente da investigação e se faz passar por detetive. Nesse ponto, quase podemos declarar a vitória do protagonista, mas a narrativa muda repentinamente.


Descobrimos que L. morou em Wammy's Home na Inglaterra, um orfanato para crianças superdotadas fundado por Watari, que por acaso era um cientista e inventor milionário. Após sua morte, há dois sucessores possíveis: Neon, o mais novo, e Mello, que já é adolescente.


Perto, substituindo L.


Como vivem em constante competição, Mello não concorda em colaborar com Near, e o garoto viciado em montagem de quebra-cabeças assume o negócio. Reunindo uma equipe de agentes do FBI, ele começa a investigar e passa a suspeitar de Light, o impostor que levou L.



Near chama a polícia japonesa e se apresenta como N., anunciando que vai resolver o caso e insinuando que o assassino está entre eles. Mello, que quer alcançá-lo, sequestra a irmã de Light para pegar o caderno em troca.


Quem vai salvá-la é o vice-diretor Yagami, pai de Light, que troca com Ryuk através dos olhos de Shinigami. Porém, embora veja o nome verdadeiro de Mello, o homem não consegue escrever no caderno e deixa a situação gravemente ferida.


O vice-diretor Yagami morre.


A cena é notável porque mostra a falta de emoções de Light, que não se comove com a morte do pai. Ao contrário, até o último momento, sua única preocupação é descobrir o nome de Mello.


Focado na busca da vitória, o protagonista sente que continua lutando contra L., mesmo após sua morte, agora por meio de seus sucessores.


Reino de Kira e batalha com N.

Com o passar dos anos e com total impunidade, os efeitos de Kira na sociedade são cada vez mais visíveis. Como todos vivem com medo e sob vigilância constante, muitas pessoas veem a misteriosa figura como o portador da justiça.



Até o governo dos Estados Unidos da América é a favor de Kira, que está crescendo em popularidade e até tem um programa de TV dedicado a ela. Deificado por este verdadeiro culto, ele manipula seus seguidores para que percam N.


Takada, um repórter que foi colega de classe de Light na faculdade, é escolhido para ser seu porta-voz e Mikami, seu maior fã, torna-se a Kira mais jovem. Acreditando trabalhar em nome da justiça, ele chama a Luz de "Deus" e segue todas as suas ordens.

Mikani nos olhos de Shinigami.


Então ele esconde o caderno e cria uma cópia, onde finge escrever para chamar a atenção de Near. Quando Light e N. marcaram um encontro, a morte do segundo parece inevitável graças à dedicação de Mikami.



Jogando com vários truques que usa em sua mente, como se fossem peças de xadrez, Near espera Light e sua equipe chegarem, sabendo que Mikami está por perto, esperando para derrubá-lo.



Calmamente, ele revela a todos os presentes que a assistente de Kira chegará com os olhos e caderno de Shinigami, anotando o nome de todos. Aquele cujo nome não está escrito no caderno só pode ser Kira; é uma prova irrefutável.


Percebendo que Mikami está se escondendo e já anotou os nomes, Light ri e declara na frente de todos: "Eu ganhei!"


O fim do Death Note e a vitória de Near

Após 40 segundos de tensão, ninguém morre, para a surpresa de Kira. Mikami é capturado e eles verificam que o único nome que não está no caderno é Light Yagami.


É então que Near revela que Light realmente perdeu porque o caderno de verdade está com ele. Depois que Takada e Mikami causaram a morte de Mello, N. começou a seguir seus passos e encontrou o livro da morte no cofre do discípulo de Kira.


Perto da vitória

Fora de controle, Kira ri, declarando que ele é o "deus do novo mundo" e que conseguiu proteger a sociedade por 6 anos. Em seguida, ele declara que tem outro caderno e pega um pedaço de papel no qual está tentando escrever.



É quando Matsuda, um policial que trabalhava com seu pai, puxa sua mão para prendê-lo. Light continua tentando escrever com seu próprio sangue e dispara por todo o corpo.


Cheio de feridos, Light consegue escapar, mas não pode contar com a ajuda de ninguém. À distância, Ryuk pode ser visto segurando o laptop.


Ryuk escreve o nome de Light.


Chorando, o protagonista lembra como era sua vida antes de encontrar o livro Death Note. Quase inconsciente, Light vê o espírito de seu antigo rival e amigo, que parece vir à sua procura.


Enquanto isso, Ryuk declara que Light Yagami perdeu a batalha; É hora de escrever seu nome no caderno e se matar, como combinaram.



Afirmando que se divertia no mundo humano, o Shinigami pergunta, como se estivesse se despedindo dele:


Conseguimos aliviar um pouco o nosso tédio, não acha?


Death Note: qual é o significado?

Death Note é uma série animada cheia de projetos, planos selvagens e batalhas mentais. Ryuk desce ao mundo humano para comer maçãs e observar o caos se desenrolar, avisando que quem usar o notebook será desonrado.


A luz começa a viver de acordo com o caderno de morte que encontrou. Todos os seus passos são premeditados e ele perde sua humanidade a ponto de não se importar mais com a morte de seu próprio pai.



Existe uma nuance de justiça ou moralidade nas ações de Kira? O protagonista acredita que seus crimes são justificados, que mata como se sacrificasse pelo bem comum:


Quando ele foi derrotado por Near, Kira afirma que foi capaz de reduzir drasticamente a violência e até mesmo parar as guerras internacionais, graças às suas ações.


No entanto, mesmo que suas intenções fossem verdadeiras, o protagonista foi dominado pela megalomania e uma ânsia de poder - seu objetivo final era se tornar um deus.



Então, no confronto final, Near designa Light como um "simples assassino" que tropeçou na arma mais mortal da humanidade e foi corrompido por ela.


Death Note 2: o one-shot 2020



Após 14 anos, Death Note voltou ao formato mangá, consistindo em 89 páginas. O One-shot Death Note 2 foi lançado em fevereiro de 2020 e traz o retorno de personagens proeminentes como Shinigami Ryuk, desta vez dirigido por Tanaka Nomura, um estudante conhecido como “A-Kira”.

Add your comment