League Of Ledengs: Veja a história de Zed - Anime City

League Of Ledengs: Veja a história de Zed

League Of Legends



 Sob o véu de harmonia de Ionia estão as histórias daqueles que permaneceram. No caso de Zed, a história começou nos degraus frios da casa da Ordem Kinkou.Recebido pelo próprio Grande Mestre Kusho, Zed encontrou seu lugar dentro das antigas paredes do templo. Ele se dedicou a compreender os dogmas espirituais de Kinkou, rapidamente se elevando acima de seus colegas, tanto em combate quanto no estudo. Mesmo assim, ele se sentia à sombra de alguém: Shen, o filho de seu mestre. Embora Zed mostrasse sua paixão a cada golpe executado com maestria, ele carecia do controle emocional de Shen. Apesar disso, os dois alunos eram como irmãos.


Um dia, os dois se juntaram a seu mestre e partiram em uma jornada para encontrar o terrível Demônio Dourado. Quando eles finalmente conseguiram capturar o temido "monstro", eles descobriram que era, na verdade, apenas um homem chamado Khada Jhin. O jovem Zed avançou com as espadas na mão, mas Kusho o deteve e ordenou que Jhin fosse feito prisioneiro.



Voltando ao templo, o coração de Zed se encheu de ressentimento e ele começou a lutar com seus estudos. Memórias dos horríveis crimes de Jhin o assombravam e as crescentes tensões entre Ionia e as forças imperialistas de Noxus apenas aumentaram sua decepção. Enquanto Shen assimilava os dogmas de desapego de seu pai, Zed se recusava a permitir noções sublimes de equilíbrio para impedir que o mal fosse combatido.


Ele entrou nas catacumbas profundas e escondidas do templo e encontrou lá uma caixa, preta e ornamentada. Embora soubesse que apenas os Mestres da Ordem poderiam abri-lo, ele olhou para dentro.Sombras envolveram a mente de Zed, alimentando sua amargura com desprezo pelos fracos e insinuando magia negra e ancestral.De volta à luz do templo, Zed ficou cara a cara com o Grande Mestre Kusho. Zed exigiu que os Kinkou reagissem aos invasores Noxianos com todos os recursos à sua disposição. Mas quando Kusho recusou, Zed deu as costas à ordem que o havia criado.


Livre da doutrina Kinkou, ele recrutou uma comitiva de guerreiros para resistir a Noxus. Qualquer alma vivente que ameaçasse sua pátria, ou se recusasse a defendê-la, estava condenada a morrer impiedosamente, incluindo os nativos de Vastya que relutavam em forjar uma aliança. Zed incentivou seus seguidores a incorporar o fervor da guerra, mas logo percebeu que suas habilidades nunca corresponderiam a suas ambições sem a caixa preta.



Reunindo seus novos discípulos, ele retornou ao Templo de Kinkou, onde foi saudado por Kusho. O velho colocou suas armas aos pés de Zed, implorando ao ex-aluno que saísse das sombras e seguisse um caminho mais equilibrado.Momentos depois, Zed reapareceu na escadaria do templo. Em uma das mãos ele segurava a caixa e na outra uma mancha de sangue recém-derramado.


O Kinkou, tomado pelo impacto, desmorona sob os ataques dos guerreiros de Zed. Ele então tomou posse total do templo, estabelecendo sua Ordem das Sombras e iniciando seus discípulos nos caminhos das trevas. Eles cobriram seus corpos com tatuagens mórbidas, aprendendo a lutar ao lado de versões sombrias de si mesmos.


Zed aproveitou a guerra em curso contra Noxus e o sofrimento que ela infligiu ao povo de Ionia. Após o massacre perto do rio Epool, ele conheceu Kayn, um jovem soldado Noxian que carregava apenas uma foice. Zed viu que o menino era uma arma à espera de ser educado e tomou-o como aluno. Nesse jovem companheiro, ele viu uma pureza de propósito semelhante à sua. Em Kayn, Zed foi capaz de ver o futuro da Ordem das Sombras.



Embora ele não tenha se reconciliado com Shen ou os Kinkou restantes, que agora estavam espalhados pelas províncias, eles resolveram chegar a um acordo, embora desagradável, após a guerra. Zed sabia que não havia como voltar atrás para o que ele havia feito.Nos últimos anos, tornou-se evidente que o equilíbrio das primeiras terras havia sido perturbado, talvez para sempre. Para Zed, a harmonia espiritual não leva a lugar nenhum, e ele fará de tudo para que Ionia triunfe.

Add your comment